Quando ela quer ser "a outra"




Já encontrei exemplares desse tipo de mulher algumas vezes. Ela já teve um caso contigo, sabe que você agora está namorando, e mesmo assim fica atrás de você para descolar uma transa na hora do almoço, ou uma balada na quinta-feira.
Nem preciso dizer quão promíscua e hedonista uma mulher dessa pode ser, não é? A necessidade que ela possui de ser objeto do desejo masculino é imensurável, e ela aceitará qualquer condição, inclusive a de ser "a outra", apenas para satisfazê-la.

Ademais, ser "a outra" tem vantagens intrínsecas que tornam essa condição muito atraente para mulheres promíscuas. Vejamos:



  • Ela terá atenção e sexo, sem contudo ter de arcar com a responsabilidade de ser fiel a você;
  • O fato de você trair sua atual companheira com ela faz com que ela se sinta "mais mulher" do que sua oficial, e portanto "vitoriosa";
  • Você ficará refém dela, pois terá sempre o temor de que ela revele a traição para sua companheira oficial, ou mesmo para seus parentes ou colegas de trabalho. Ela sabe que tem o poder de prejudicá-lo, e usará isso sempre que necessário. É uma arma e tanto!

Esse comportamento, além de revelar como ela é carente, volúvel e desesperada, ainda passa um verdadeiro Certificado de Incompetência à vadia, pois comprova que ela não consegue manter um relacionamento sério e duradouro com homem nenhum. Todos acabam desistindo dela, quando descobrem sua perfídia, ou ela mesma desiste, por ter fobia a compromisso ou por ter encontrado algum outro otário com mais dinheiro, mais poder, ou qualquer outro atributo que lhe pareça superar os de seu atual.

Tenha em mente também que, caso você seja burro a ponto de se apaixonar por ela (afinal o magnetismo sexual dela é grande), e cometa a besteira de se separar de sua oficial para assumi-la, você só poderá esperar uma coisa: abandono! Assim que você estiver aos pés da ordinária, o encanto acabará, as "fortes emoções" desaparecerão, e ela invariavelmente lhe dispensará, sem dó nem piedade!

Só posso recomendar então que, caso você esteja compromissado com alguma mulher decente, e esbarre com uma dessas, não lhe dê trela! Se você já sabe que ela não presta, não há motivos para assumir esse risco! Isso somente alimentará o ego da vadia, e lhe causará transtornos inúteis.



Rooster

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui são moderados, podendo ser aprovados ou rejeitados a exclusivo critério do autor do blog.